Notícias
Conselho Político se reuniu por vídeo conferência para debater problemas dos municípios
Publicado em: 24 de março de 2020
Autor:CNM
Fonte:Agencia de Notícias da AMM e CNM

Devido à crise instalada no Brasil por conta do novo coronavírus, os representantes do movimento municipalista, na manhã desta terça-feira (24), uma reunião virtual por meio de vídeoconferência, em busca por ações minimizem os efeitos enfrentados pelos prefeitos em todo o país. A reunião foi liderada pelo presidente da Confederação Nacional de Municípios-CNM, Glademir Aroldi, com a participação de representantes de mais de 20 entidades municipalistas, entre eles, o presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios-AMM, Neurilan Fraga.

Aroldi abriu o encontro à distância e solicitou que, pelos próximos meses, o Conselho Político se reúna a cada 15 dias de forma ordinária, e sempre que for necessário de forma extraordinária. E que os prefeitos dialoguem, virtualmente, com parlamentares, para reforçar as pautas prioritárias aos municípios. Um documento com 17 reivindicações foi encaminhado para o presidente, Jair Bolsonaro e também aos presidentes  da Câmara e Senado, STF e TCU. As lideranças enviaram um ofício ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, com uma pauta específica, e também para o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, sobre pontos da assistência social.

O apoio financeiro para garantir o Fundo de Participação dos Municípios-FPM no mesmo patamar de 2019, foi uma propostas do Governo Federal, que  anunciou R$ 16 bilhões em quatro meses para os estados e municípios. “Nós vamos ter uma queda significativa nos próximos meses. Esses anúncios são apenas um complemento por parte daquilo que vamos perder por conta dessa pandemia”, disse Aroldi e pediu ao gestores cuidado e cautela com a gestão dos recursos tendo em vista as dificuldades aguardadas para os próximos meses. Precisamos do apoio dos nossos deputados e senadores”, ressaltou. 

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios-AMM, Neurilan Fraga, se posicionou durante a reunião por videoconferência. Os dirigentes das entidades apresentaram as principais dificuldades nos estados em diferentes áreas. Fraga destacou que neste momento os gestores estão enfrentando muitas dificuldades com a pandemia do coronavírus. São muitas prioridades nas administrações municipais que precisam de atenção. Com as escolas fechadas, a merenda escolar pode ser direcionada neste período para as famílias. “É importante que o MEC autorize que a gente possa continuar fornecendo essas refeições, que em muitos casos é a única refeição do dia de muitas crianças”, disse ele.

Tags: reuniao
Notícias relacionadas
Diário Oficial
Informes Covid-19
Cadastro de Atas
AMM Digital
Municípios
Vídeos
Vídeo institucional da AMM
Curta e Compartilhe nosso conteúdo!
Consórcios Intermunicipais
Novidades