Notícias
Crianças das escolas municipais recebem atendimento oftalmológico
Publicado em: 20 de abril de 2017
Fonte:Assessoria da Prefeitura

Pelo menos 20 crianças de escolas da rede pública municipal passaram por consulta oftalmológica, nessa terça e quarta-feira (19). A ação é oriunda do Programa de Apoio as Famílias (PAIF), por meio de uma parceria entre as secretarias municipais de Educação, Esporte e Cultura e Saúde. O objetivo é atender a todas as crianças da rede municipal que estão matriculadas, do ensino infantil e fundamental, que apresentam dificuldades de aprendizagem por problemas oftalmológicos.

“A ideia é passar por todas as unidades e hoje é o nosso primeiro passo, amanhã (quarta) seguimos com mais duas escolas. Estamos buscando trazer essa facilidade para as crianças principalmente no campo da visão para que eles possam ter um bom aprendizado, além de outras especialidades”, afirmou Luciana da Silva, representante da Secretaria de Educação na organização do projeto.

Para a professora Lourdes Borré da Escola Municipal de Educação Básica Armando Dias, responsável pelo teste de equidade de visão, que identifica as crianças com dificuldades de aprendizado por dificuldade visual, isso possibilitará um melhor desempenho dos alunos nas salas de aula.

“A criança que não enxerga direito, ela com certeza terá uma grande dificuldade no ensino-aprendizagem. Essas crianças que aqui estão todas elas apresentam dificuldade visual. Elas estão aqui com uma consulta de oftalmologista para melhor diagnosticar o problema visual da criança”, explicou a professora.

No primeiro dia da ação as crianças atendidas foram da escola Armando Dias. Para esta quarta (19) serão encaminhados alunos da Escola Municipal de Educação Básica Rodrigo Damasceno, com idade entre seis e 12 anos. Os atendimentos foram realizados no Centro de Especialidades Médicas (CEM), após triagem realizada por profissionais que atuam nas salas de recursos das escolas.

Rosicléia dos Santos é mãe de três alunos que passaram pela consulta com oftalmologista e comemorou a iniciativa. “Para mim é muito bom, porque nesse momento a gente não tem condição de fazer o exame de vista e óculos também, porque três óculos custam caro né. Então é muito importante, vai melhorar pros meus filhos, pra aprender melhor e estudar melhor no colégio”.

O projeto será desenvolvido ao longo do ano e a expectativa é de suprir toda a demanda. E a projeção é de que sejam atendidas de 300 a 400 crianças, por ano.

Tags: Sinopeducaçãosaúde
Notícias relacionadas
Diário Oficial
Municípios
Vídeos
Comissão inicia diálogo para encontrar alternativas para a saúde no estado
Curta e Compartilhe nosso conteúdo!
Consórcios Intermunicipais
Novidades
AMM
Atendimento
(65)2123-1200
Associação Mato-grossense dos Municípios
Av.Historiador Rubens de Mendonça,3920
CEP:78.050-902
Cuiabá - Mato Grosso
© 2015 - Todos os direitos reservados